+55 55 3431.2099 | 3430.1888 | 3430.1909

Portos Secos no Rio Grande do Sul

Compartilhe!

Os portos secos nada mais são do que uma espécie de terminal alfandegário de uso público onde são realizados os procedimentos aduaneiros para o interior do Brasil. Esses terminais ficam responsáveis por aliviar o fluxo de mercadorias nas áreas de entrada e de saída, como portos, aeroportos e fronteiras de todo país.

Quais são as vantagens do porto seco para o comércio exterior?

As zonas secundárias têm entre as suas principais vantagens a redução de custos, na medida em que contam com espaço suficiente e adequado para armazenagem e distribuição, além de receber as mercadorias desde o início do processo e proceder à montagem, etiquetagem, separação e picking.

Além disso, a carga importada pode permanecer armazenada por até 120 dias no porto seco, ao passo que na zona primária seria apenas 90 dias.

Outra vantagem é a maior agilidade do desembaraço aduaneiro, haja vista o menor volume de cargas; e como o tempo de espera é menor, economiza-se também com a armazenagem. Estima-se uma redução de até 30% dos custos quando comparado com os portos marítimos e de até 90% quando comparados com os aeroportos.

No Rio Grande do Sul são encontradas os seguintes portos secos:

Caxias do Sul – EADI – Porto Seco Transportes Ltda

Novo Hamburgo – Multi Armazéns Ltda

Uruguaiana – Elog Logística Sul Ltda

Jaguarão – Elog Logística Sul Ltda

Canoas – Banrisul Armazéns Gerais S.A

Santana do Livramento – Elog Logística sul Ltda


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco